Programação

A edição 2012 do DNAD apresentará questões pragmáticas da carreira do Arquiteto de Software, abordando assuntos complexos como skills, práticas, visão evolutiva, relacionamento entre componentes tecnológicos, dentre outros.

O que vem por aí

Abaixo você pode conferir todas as atividades programadas para o evento (*):

Dia 1

(sexta-feira, 01 de junho de 2012)

Horário Atividade
08:30 Credenciamento
09:00 Abertura
09:15 Palestra 1

Título: A nova web

Descrição: Quando a web nasceu, ela era cheia de documentos. Javascript e CSS não existiam e o que fazemos com ela hoje não era sequer imaginado. Quinze anos atrás descobrimos como gerar HTML dinamicamente, e é assim que temos gerado a maior parte das aplicações inteligentes. Isso começou a mudar quando começamos a fazer requisições assíncronas e a usar XML e JSON para, em vez de entregar conteúdo, entregar dados ao navegador. Estamos nos aproximando agora de um ponto de virada, onde não precisamos mais de geradores de HTML, mas de aplicações que processam e fornecem dados, e o navegador assumiu a posição de grande hospedeiro de aplicações. Agora, aplicações podem entregar uma única página HTML, e a partir daí só entregar JSON. Entenda nessa palestra o que muda pra você com essa nova maneira de encarar a web.

Giovanni Bassi

Victor Cavalcante

10:15 Coffee Break
Hora de networking!
10:45 Palestra 2

Título: Patterns para Arquiteturas de Cloud e Dicas para Otimização de custos na Nuvem: Exemplos de clientes da Amazon Web Services

Descrição: Nessa palestra vamos mostrar padrões arquiteturais e práticas de arquiteturas Cloud recomendadas, a partir de exemplos reais de clientes da Amazon Web Services como: amazon.com, Netflix, vimeo, foursquare, Peixe Urbano, R7, entre outros. Vamos abordar também estratégias de otimização de custos na Nuvem da Amazon através dos modelos inovadores de descontos da AWS.

José Papo

11:45 Palestra 3

Título: Modelo para composição arquitetônica de aplicações

Descrição: Nessa palestra pretendo apresentar um modelo, que venho adotando há alguns anos, para o plano de componentes de aplicações. Trata-se de um modelo já apresentado e defendido em juntas acadêmicas em mais de 15 países, sendo incrivelmente bem recebido. A ideia central é prover “um roteiro” (de referência) para composição arquitetônica.

Elemar Jr.

12:45 Palestra 4

Título: Arquitetura de Serviços com jQuery e JSon via WCF

Descrição: O objetivo da palestra é apresentar um cenário de utilização de um serviço WCF no formato JSon e o seu consumo através do jQuery, explorando características que hoje em dia está cada vez mais comum no mercado, como por exemplo: Consumo de serviços através de domínios diferentes. Será apresentado as implicações técnicas que envolvem nesse tipo de solução, como segurança, desempenho e multi-plataforma.

José Otávio Quaglio

Fabrício Doi

13:45 Almoço
15:00 Palestra 5

Título: Um case de arquitetura distribuída para indexação, armazenamento e análise de logs em tempo real

Descrição: Esta palestra apresentará o case de um sistema para indexação, armazenamento e análise distribuída de logs não estruturados oriúndos de milhares de servidores e equipamentos de rede. Os desafios técnicos envolviam processar uma alta taxa de escrita (média de 300 mil mensagens por segundo), permitir fácil escalabilidade e minimizar o espaço ocupado pelos dados armazenados e o índice. Foram utilizadas soluções conhecidas da industria, como Apache Lucene, Protocol Buffers, JGroups, além de algoritmos otimizados ad hoc. Esta solução foi aplicada na Globo.com, onde o sistema foi usado para realizar análises em tempo real de web sites de altíssimo tráfego, como o Big Brother Brasil 2012.

Juan Lopes

16:00 Hora de networking!
16:30 Palestra 6

Título: CEP – Complex Events, com Nesper

Descrição: Em breve.

Felipe Oliveira

17:30 Palestra 7

Título: De procedures à ESBs: 10 anos de evolução de um Sistema

Descrição: Nesta palestra vamos acompanhar a evolução de um sistema durante 10 anos de sua existência. Desde os primórdios do ASP clássico com stored procedures até o uso do mais novo Asp.NET MVC, enriquecido com tasks assíncronas, Esbs semânticos e terabytes de dados. Tudo isso sendo construído por um eficiente sistema de build distribuído e protegido por milhares de testes automatizados. Venha conhecer como e por que cada framework utilizado foi escolhido, nossos tropeços e vitórias com essas decisões e principalmente o impacto de cada uma delas no produto que temos hoje.

André Carlucci

18:30 Encerramento

Dia 2

(sábado, 02 de junho de 2012)

Horário Atividade
08:30 Credenciamento
09:00 Abertura
09:15 Palestra 8

Título: A melhor de todas as linguagens e o pior dos projetos

Descrição: Os anos passam, adotamos novas linguagens e os projetos vão se acumulando. Como detalhes de uma linguagem influenciam o desenvolvedor e o desenvolvimento? Como não criar ficar em uma pula pula de linguagem, onde continuamos escrevendo código que é dificil de ser mantido? Nessa palestra mostraremos como não é a linguagem que faz um programa bom ou ruim e como elas podem ajudar a manutenção a longo prazo uma vez que a equipe domine ela.

Guilherme Silveira

10:15 Coffee Break
Hora de networking!
10:45 Palestra 9

Título: O Estilo Arquitetural REST

Descrição: A web foi projetada em conjunto com o protocolo HTTP para ter uma série de princípios arquiteturais desejáveis: escalabilidade, performance, simplicidade, visibilidade, distribuição, independência, portabilidade e confiabilidade. O estilo arquitetural por trás desse projeto é o REST, que vai muito além de comunicações via API e abrange todo o funcionamento do protocolo. Conhecer como o REST é definido e como o HTTP funciona pode abrir portas para aplicações que desejam atingir os princípios acima descritos.

Alexandre Gaigalas

11:45 Palestra 10

Título: NodeJS no IIS: Uma visão de arquitetura

Descrição: A distribuição de aplicações web em .NET na sua maioria é feita através do IIS, porém as aplicações podem ser compostas de tecnologias mistas, dependendo das necessidades das aplicações. Neste cenário surge mais uma tecnologia disruptiva, o NodeJS, onde sua utilização tem impacto direto, tanto positivo quanto negativo, na arquitetura da aplicação. Nesta palestra serão apresentados todos os aspectos que compõem a arquitetura do IIS, conceitos mais intimos de seu funcionamento interno, como também a arquitetura do NodeJS, seus benefícios e como a composição IIS e NodeJS, pode ser extremamente útil se bem empregada.

Sidney Lima Filho

12:45 Palestra 11

Título: Usando o coaching para construir uma carreira de sucesso

Descrição: Qual é o melhor caminho para atingir o sucesso em uma carreira profissional ? Essa pergunta pode representar uma tarefa complexa para qualquer um que queira vencer na vida. Para o arquiteto de software não é diferente, e pode ser uma tarefa ainda mais desafiadora … Fazer ou não uma graduação? Qual graduação? Que tipo de treinamento fazer? Qual primeiro? Como definir metas? Como saber se está usando seus recursos da melhor maneira possível? Como aprender mais rápido? O que estudar primeiro? Como saber se estou no caminho? Já tenho resultados diferenciados, será que dá pra melhorar ainda mais? Nessa sessão o palestrante irá apresentar conceitos, métodos e técnicas de coaching, através de uma palestra com coaching, para criar uma oportunidade de entendermos os desafios, obstáculos e impedimentos que a carreira de um arquiteto de software pode apresentar e como podemos obter melhores resultados profissionais.

Luís Fernandes

13:45 Almoço
15:30 Palestra 12

Título: Monadic Design

Descrição: Vamos entender o que são Monads, sua função dentro do contexto de programação funcional, como aplicar composição ao design da sua aplicação utilizando Monads. Controle de efeitos colaterais em funções. Veremos o que é o LINQ em sua essência, e sua dualidade. Como Monads modelam as soluções mais recentes em assincronia.

Rodrigo Vidal

16:30 Hora de networking!
17:00 Open Spaces
Em breve mais informações sobre como funcionarão os Open Spaces.
17:30 Lightning Talks
Em breve mais informações sobre como funcionarão os Lightning Talks.
18:30 Encerramento

(*) Programação sujeita a alterações.